Relações Públicas

Up News, o primeiro “social media release” português

Salvador da Cunha
CEO, Lift World

anexo_816863_preview

Sempre comprometido com a inovação, o Grupo Lift lançou esta semana a Up News, o primeiro “social media release” português, totalmente desenvolvido “in house”, pela Up Digital.

A Up News é uma plataforma distribuição de conteúdos digitais, totalmente inovadora, que promete revolucionar o sector em Portugal, como de resto já acontece em países como os Estados Unidos ou Inglaterra. A Up News está preparada para a revolução dos grandes formatos audiovisuais (vídeo e fotografia), suportes que, nos próximos tempos, irão progressiva e garantidamente ganhar visibilidade face ao, até então, império dos textos.

Por outro lado, permite às empresas organizar a sua comunicação com o exterior em salas de imprensa virtuais próprias, com muitas informação últil e com a possibilidade de adaptação ao look and feel dos seus websites, mesmo com endereços próprios. Tudo insto gerido automaticamente pela plataforma.

É por outro lado, um agregador de informação muito relevante para a comunicação social. Não só os jornalistas registados recebem apenas informação que pretendem, como a recebem antes do publico em geral e de forma organizada, catalogada e arquivada. Em simultâneo, esta plataforma contribui para progressivamente o volume de informação, em mega bites, que lhes cai diariamente nas caixas de e-mail.

Para o público e fãns de empresas e marcas, é uma forma de estar em cima do acontecimento e saber de fontes directas alguma da informação que até agora era filtrada. Podem, depois, espalhar pelos seus círculos de influência.

3 Responses to Up News, o primeiro “social media release” português

  1. Parabéns pela iniciativa! Julgo que será uma mais-valia para empresas como a nossa, que não têm grande exposição mediática, mas que têm conteúdos inovadores que poderão ser abordados pelos jornalistas. Por outro lado, sendo um agregador de notícias, permitir-nos-á aceder mais facilmente à informação. Vamos estar atentos!

  2. cjt diz:

    Muito bom!

    e possibilidades de abertura da plataforma a mais públicos? estou a pensar em tipos como eu, por exemplo… 🙂

  3. Claro que sim… Na perspectiva de bloguer ou apenas influencer. Vais receber a informação duas a quatro horas depois dos jornalistas e podes fazer o que quiseres com ela.
    Abraço,
    SC

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *