Thought of the day

Twitter: os mais influentes da política

Lift World

Klout

Analisar nos 20 países mais influentes do mundo quem são os 10 políticos mais influentes, é uma tarefa complicada, mas possível. A ideia parte da Burson-Marsteller, uma das 3 maiores consultoras de comunicação globais (representada em Portugal pela Lift) em associação com plataforma Klout, que mede a influência que cada pessoa tem nas redes sociais.

A ideia é muitíssimo interessante porque, de facto, as redes sociais vêm alterar os anteriores paradigmas das redes de influência de cada um de nós. Através do Twitter, do Facebook ou do Google +, o alcance das mensagens é muitíssimo maior do que nas redes de influência tradicionais (não digitais).

O Klout desenvolveu um algoritmo que permite relacionar a influência baseado em três pilares:

Alcance: o número de pessoas alcançado nas principais redes sociais, ou seja, o número de amigos, de seguidores e de contactos do Twitter, Facebook, Google + e Linkedin.

Amplificação: Qual o real grau de influência, baseado nas interacções com os “amigos”. Quem comenta, espalha, gosta, retuita, etc.

Network: Qual o grau de interacção com outros influenciadores de topo. Cada vez que é activado um desses influenciadores, a influência própria aumenta.

O sistema permite, depois, entender quais as áreas/sectores onde exerce mais influência, bem como o estilo de influência. O estilo pode variar do observador (mais discreto) à Celebridade (mais high profile), passado pelo especialista (muito focado, com uma boa audiência) ou pelo Curador (que apenas divulga opiniões alheias). Há ainda um conjunto de perfis intermédios, que podem ser consultados no gráfico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *